Presidente tcheco: vou a Moscou para celebrar o fim da II Guerra, não para negociar

© AP Photo / Sergei ChuzavkovO presidente da República Tcheca, Milos Zeman
O presidente da República Tcheca, Milos Zeman - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da República Tcheca, Milos Zeman, comentou a sua viagem a Moscou onde ele entre outros poucos representantes da União Europeia comemorará os 70 anos do fim da II Guerra Mundial.

“Não estou indo lá para negociações internacionais, mas para celebrar o fim da guerra. Eu estou indo para honrar a memória de 150.000 cidadãos soviéticos, que morreram durante a libertação da República Tcheca e da Eslováquia. Sinto orgulho pelo fato de ir lá”, disse o presidente durante sua visita à cidade de Turnov.

Quanto à questão da possibilidade de que esta viagem não seja para o benefício da República Tcheca, o presidente respondeu que ele discutiu este assunto com o primeiro-ministro e o ministro das Relações Exteriores e ninguém disse que ele não deveria ir.

“A Rússia não começa a III Guerra Mundial”, comentou Zeman sobre uma declaração de um deputado do partido TOP 09 de que homenagear as vítimas da II Guerra Mundial na parada do exército que anexou a Crimea é coisa feia.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала