Vodca Stolichnaya volta a pertencer à Rússia

© Sputnik / Y. Levyant / Abrir o banco de imagensVodca Stolichnaya
Vodca Stolichnaya - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O governo da Rússia teve seus direitos reconhecidos em corte holandesa sobre as marcas de vodca Stolichnaya e Moskovskaya, pondo fim a uma longa disputa judicial de 12 anos com a Spirits Internacional, sediada na Holanda e gerida pelo bilionário Yuri Scheffler.

De acordo com a agência Bloomberg, o tribunal determinou que a empresa deve transferir os direitos das duas marcas à Rússia ou pagar uma multa fixa de €100 mil acrescida de multas diárias de €50 mil.

Com esta decisão, a Spirits International perde o direito de promover as vodcas Stolichnaya e Moskovskaya na Holanda, Bélgica e em Luxemburgo. A empresa, no entanto, ainda poderá recorrer à decisão.

Um porta-voz do Grupo SPI, detentor da Spirits International, revelou estar avaliando a possibilidade de entrar com mais um recurso. "De qualquer forma, a determinação afeta apenas uma pequena parcela do nosso negócio" — informou o porta-voz.

Enquanto isso, a decisão do tribunal holandês já começa a ser tratada como um precedente no meio jurídico, já que a mesma poderá servir de exemplo para resoluções de litígios similares.

Stolichnaya e Moskovskaya serão incluídas na lista de marcas promovidas pela empresa estatal russa Soyuzplodoimport, responsável, entre outros, pela comercialização da vodca Russkaya e do champagne Sovetskoye.

A Soyuzplodimport foi criada em abril de 2002 para a restauração, proteção e uso eficiente pelo Estado das mais populares marcas alcoólicas que pertencem à Federação da Rússia. Ela atua como garantidor dos seus produtos licenciados. A empresa está há mais de 10 anos envolvida em diversos litígios internacionais envolvendo grande marcas de vodca.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала