Lugansk responderá a ataques de Kiev em caso de agressão direta

© Sputnik / Valeriy Melnikov / Abrir o banco de imagensTanque em Lugansk
Tanque em Lugansk - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A autoproclamada República Popular de Lugansk vai responder às ações militares de Kiev somente em caso de agressão direta, afirmou o chefe de Lugansk, Igor Plonitsky.

Segundo ele, “é necessário tentar preservar a paz o quanto for possível, mas em caso de agressão, Lugansk responderá através do que foi acertado nos acordos de Minsk, que prevêem que nestes casos a resposta pode ser dada”.

No entanto, o líder da autoproclamada república observou que nenhuma das partes no conflito em Donbass, no leste ucraniano, será capaz de implementar um ataque surpresa.

De acordo com Plonitsky, a região de Lugansk não vê nenhum motivo para se retirar dos acordos de Minsk.

Ao comentar a sua participação nas possíveis eleições na república de Lugansk, o líder da região afirmou que é cedo para falar disto, acrescentando que “qualquer eleição, inclusive a que o Presidente Pyotr Poroshenko quer promover, deve estar de acordo com as cláusulas dos acordos de Minsk”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала