Cinco suspeitos de recrutar para o Estado Islâmico são detidos na Indonésia

© East News / Balkis Press / ABACA/EAST NEWSEstado Islâmico
Estado Islâmico - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A polícia antiterrorismo da Indonésia deteve cinco homens que podem ter tentado ajudar um grupo, composto principalmente por mulheres e crianças, a entrar na Síria e juntar-se ao Estado Islâmico.

As 11 crianças, quatro mulheres e um homem, detidos na cidade fronteiriça turca de Gaziantep, são o mais recente caso de indonésios que tentam juntar-se aos combates no Oriente Médio.

Na Indonésia, país de maioria muçulmana, é cada vez maior o receio de uma crescente influência do Estado Islâmico. As autoridades estimam que centenas já se juntaram aos jihadistas.

Em uma série de ações em Jacarta e arredores durante o fim de semana, a polícia antiterrorismo identificou cinco homens suspeitos de terem ajudado 16 pessoas, recentemente detidas, a juntar-se aos terroristas.

Os homens são acusados de "treinar, guiar e recrutar simpatizantes do Estado Islâmico para partir para o Iraque e a Síria, e de angariar e distribuir recursos para as atividades dos voluntários do Estado Islâmico na Indonésia", disse o porta-voz da polícia.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала