Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para
 - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Notícias sobre política, economia e sociedade do Brasil. Entrevistas e análises de especialistas sobre assuntos que importam ao país.

Forças Armadas Brasileiras darão apoio logístico ao Mais Médicos

© Jorge Cardoso/ Ministério da DefesaMinistro da Defesa do Brasil Jaques Wagner
Ministro da Defesa do Brasil Jaques Wagner - Sputnik Brasil
Nos siga no
O ministro da Defesa do Brasil, Jaques Wagner, autorizou o emprego das Forças Armadas em apoio logístico ao programa Mais Médicos do governo federal. A decisão foi publicada hoje (19) no Diário Oficial da União e atende a uma determinação da presidenta Dilma Rousseff.

O texto estabelece que comandantes da Marinha e do Exército acionem os meios logísticos necessários para a recepção, a hospedagem, o transporte urbano e a distribuição dos médicos intercambistas e supervisores nos municípios.

Um oficial deverá ser designado para promover a ligação com os órgãos governamentais. Os comandantes deverão informar ao Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas as necessidades financeiras exigidas para o apoio ao programa.

Brazil's President Dilma Rousseff gestures during a meeting with German Foreign Minister Frank-Walter Steinmeier at the Planalto Palace in Brasilia February 13, 2015. - Sputnik Brasil
Notícias do Brasil
Dilma apresenta pacote anticorrupção
De acordo com a publicação, o comandante da Aeronáutica deverá acionar os meios logísticos pessoais e materiais necessários para o transporte aéreo dos médicos intercambistas e supervisores.

O Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, por sua vez, deverá promover a ligação e a coordenação com as demais autoridades envolvidas no programa e acompanhar a execução das ações de apoio, mantendo o ministro informado sobre as principais tarefas executadas.

O programa Mais Médicos faz parte de um pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde e prevê a convocação de profissionais para atuar na atenção básica de municípios com maior vulnerabilidade social.


Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала