Produtores de automóveis norte-americanos deixam Rússia

© Sputnik / Igor Zarembo / Abrir o banco de imagensFábrica de produção de automóveis Opel na Rússia
Fábrica de produção de automóveis Opel na Rússia - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Nesta quinta-feira (18) o produtor norte-americano de automóveis General Motors anunciou que a marca Opel e a maioria dos modelos da Chevrolet deixarão o mercado russo até o fim de dezembro.

A multinacional concentrar-se-á aos modelos premiais da Cadillac e Chevrolet, limitando o último brand  por carros desportivos Corvette e Camaro e o todo-terreno Tahoe.

O diretor-geral da Opel Group, Karl-Thomas Neumann, disse, explicando esta medida, que “neste momento os nossos automóveis produzidos na Rússia não têm o nível suficiente de localização e a situação no mercado não justifica investimentos sérios na aumentação do nível de localização”. 

Quanto aos projetos atuais na Rússia, a GM manterá participação da empresa conjunta GM-AvtoVaz que produz todo-terreno Chevrolet Niva.

O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov comentando esta situação disse que assim a GM se coloca numa posição desvantajosa tomando em conta perspectivas de crescimento do mercado.

“Nunca há vácuo no mercado. Quando uma empresa sai, o lugar vazio fica sempre ocupado por outras”, manifestou. 

Peskov tem certeza que a queda de vendas de automóveis no mercado russo será logo substituída por um crescimento agitado e naquele momento “esta companhia será entre os perdedores”.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала