Merkel: Ocidente não esquecerá situação da Crimeia, mas é preciso solução pacífica

© AFP 2022 / ODD ANDERSEN Angela Merkel, chanceler da Alemanha
Angela Merkel, chanceler da Alemanha - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A chanceler alemã Angela Merkel manifestou que o Ocidente não esquecerá o comportamento da Rússia em relação à Crimeia, mas neste momento a situação exige uma solução pacífica da crise ucraniana.

EU foreign policy chief Federica Mogherini - Sputnik Brasil
UE manterá sanções contra Crimeia e apela aos países-membros da ONU para se juntarem
“Não esqueceremos isso, inclusive porque a ordem pacífica europeia foi posta em dúvida. Mas da mesma forma  – e exatamente por esta razão – é preciso que trabalhemos para alcançar uma solução pacífica e evitemos que a integridade territorial ucraniana seja posta em dúvida de novo”, disse Merkel nesta segunda-feira (16) a jornalistas na sequência das negociações com o presidente ucraniano Pyotr Poroshenko. 

Poroshenko e a sua esposa Marina estão na Alemanha em visita oficial desde este domingo (15).

A península da Crimeia e a cidade de Sevastopol tornaram-se territórios russos após o referendo de março de 2014 quando a maioria dos participantes do sufrágio votou em favor da reunificação com a Rússia (96,77% na Crimeia e 95,6% em Sevastopol).

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала