Líder da RPL não entende por que motivo Poroshenko quer comprar armas

© AP Photo / Evgeniy MaloletkaUkrainian servicemen ride atop an armored vehicle with a Ukrainian flag, on the outskirts of Donetsk, Ukraine
Ukrainian servicemen ride atop an armored vehicle with a Ukrainian flag, on the outskirts of Donetsk, Ukraine - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O líder da República Popular de Lugansk (RPL) Igor Plotnitsky não entende por que motivo Kiev planeja comprar armas durante o processo de paz.

Nesta quinta-feira (13) o presidente ucraniano Pyotr Poroshenko disse que Ucrânia tem acordos com 11 países sobre a compra de armamentos, inclusive armas letais.  

“Mais uma vez a hipocrisia, este desejo de enganar, de baralhar. Já enfrentamos isso e compreendemos que eles não podem agir de outra maneira porque são palhaços no circo e seus donos ficam do outro lado do oceano [EUA]”, disse. 

Kiev está realizando, desde meados de abril, uma operação militar para esmagar os independentistas no leste da Ucrânia, que não reconhecem a legitimidade das novas autoridades ucranianas, chegadas ao poder em resultado do golpe de Estado ocorrido em fevereiro de 2014 em Kiev. Segundo os últimos dados da ONU, mais de 5.800 civis já foram vítimas deste conflito.

Desde 9 de janeiro deste ano, a intensidade dos bombardeios na região aumentou, bem como o número de vítimas do conflito. Isto fez regressar ambas as partes às negociações. 

O novo acordo de paz, firmado em Minsk entre os líderes da Rússia, da Ucrânia, da França e da Alemanha, inclui um cessar-fogo global no leste da Ucrânia. Segundo o acordo, o armistício deve ser seguido pela retirada das armas pesadas da zona de conflito, processo que já se iniciou.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала