Assembleia parlamentar dos BRICS pode sair do papel em breve

© Fotohost agency / Abrir o banco de imagensBRICS summit
BRICS summit - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O tema será discutido durante a visita do presidente da Duma Estatal Sergei Naryshkin e do presidente do Comitê Internacional da Duma Estatal Aleksei Pushkov à Nova Deli a ser realizada entre 26 e 27 de fevereiro.

Bandeiras dos BRICS - Sputnik Brasil
Senado russo ratifica criação do Banco dos BRICS
A delegação da Duma Estatal da Federação da Rússia na Índia participará das negociações para criação da assembleia parlamentar dos países membros do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e Africa do Sul), informou o jornal Izvestia hoje, citando fontes próximas à delegação.  

O tema deve ser discutido durante a visita à Nova Deli, em 26 e 27 de fevereiro, pelo presidente da Duma Estatal Sergei Naryshkin e pelo presidente do Comitê Internacional da Duma Aleksei Pushkov. Segundo o jornal russo, o vice-ministro das finanças, Sergei Storchak deve se juntar à delegação. Storchak está coordenando a criação do banco dos BRICS.

Nota de rublo. - Sputnik Brasil
Banco de Desenvolvimento do BRICS é alternativa credível ao FMI
"O fato desta ser a primeira visita do presidente da Duma à Índia em muito tempo diz muito sobre a importância da viagem. É um evento importante tanto para Rússia, quanto para Índia e ajudará a estreitar os laços entre os nossos países, inclusive no âmbito dos BRICS. Iniciaremos a nossa parceria no âmbito da criação de uma assembleia parlamentar dos países membros do BRICS. Esse será um dos acordos em pauta”, revelou uma fonte na Duma Estatal.

O próprio Pushkov confirmou parcialmente a informação da criação da assembleia parlamentar dos BRICS. “Pretendemos ativar e imprimir um impulso novo à cooperação interparlamentar no âmbito do BRICS”, anunciou o presidente do Comitê Internacional da Duma ao jornal sem, entretanto, entrar em maiores detalhes.

A Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa (APCE) retirou o direito de voto da Rússia até abril deste ano, prorrogando, desse modo, as sanções contra o país decorrentes da crise na Ucrânia. Pushkov já afirmou que a Rússia deixará o órgão até o fim do ano.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала