Hollande quer punições mais duras contra crimes de ódio na França

© REUTERS / Eric VidalFrance's President Francois Hollande addresses a news conference after an European Union leaders summit in Brussels February 12, 2015.
France's President Francois Hollande addresses a news conference after an European Union leaders summit in Brussels February 12, 2015. - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente da França, François Hollande, defendeu nesta segunda-feira o endurecimento das leis contra os chamados discursos de ódio no país.

"Sanções mais rápidas e eficazes serão adotadas contra o ódio, o racismo, o antissemitismo e a homofobia", declarou o chefe de Estado durante um jantar do Conselho Representativo das Instituições Judaicas da França. Segundo ele, as declarações de ódio deverão ser tratadas de acordo com as regras do direito penal, e não das leis de imprensa. 

"Vamos reforçar os instrumentos do direito contra todos aqueles tentados pelo jihadismo", disse Hollande, acrescentando que um projeto de lei sobre esse tema será apresentado pelo conselho de ministros no próximo dia 18 de março. 


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала