Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Polônia pagará indenização a suspeitos de terrorismo detidos em prisão secreta da CIA

© AFP 2021 / FREDERICK FLORINTribunal Europeu dos Direitos Humanos
Tribunal Europeu dos Direitos Humanos - Sputnik Brasil
Nos siga no
A Polônia vai pagar 230 mil euros de indenização a dois homens suspeitos de terrorismo detidos no país e interrogados em uma prisão secreta da CIA com o aval de Varsóvia em 2002 e 2003.

O Ministro das Relações Exteriores polonês divulgou a decisão nesta quarta-feira (18), após o Tribunal Europeu de Direitos Humanos ter rejeitado o pedido de apelação do veredicto. 

Em julho de 2014, o tribunal decidiu que a Polônia violou os direitos dos dois suspeitos de terrorismo, Abd al-Rahim al-Nashiri e Abu Zubaydah, ao permitir a prisão deles pela CIA e por não ter impedido "a tortura e o tratamento desumano ou degradante" que os suspeitos sofreram. Os dois homens processaram a Polônia e a Justiça ordenou que o país pagasse a compensação. 

John Kiriakou - Sputnik Brasil
Exclusivo: Presidente dos EUA autorizou tortura, diz agente da CIA ao Sputnik

A Polônia apelou da decisão, alegando que poderia influenciar na sua própria investigação sobre o caso. De acordo com o chanceler polonês, Varsóvia vai respeitar a decisão porque "cumpre as leis", mas questiona como o dinheiro será usado e se ele precisa ser pago diretamente para os suspeitos, que estão presos em Guantánamo. 

A decisão da Justiça é considerada inédita desde que os Estados Unidos lançaram os chamados "programas de extradição", do governo de George W. Bush, após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001.

Fonte: Estadão Conteúdo

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала