Rússia terá regime simplificado de trânsito de navios de guerra nos portos de Nicarágua

© Sputnik / Vitaly AnkovMarinha russa
Marinha russa - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Rússia e Nicarágua assinaram nesta quinta-feira acordo sobre regime simplificado de trânsito de navios da Marinha russa.

Rússia e Nicarágua assinaram nesta quinta-feira, em Manágua, um acordo intergovernamental que garante regime simplificado de trânsito de navios da Marinha russa nos portos do país latinoamericano. O documento faz parte de um pacote de cooperação técnica e militar celebrado entre os dois países, segundo informou o ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu. 

A Rússia desenvolve de modo ativo as relações na área de defesa com os países latinoamericanos. Aeroportos estão sendo instalados na região, bem como bases de manutenção e de suporte técnico de navios. 

“Quanto aos acordos assinados hoje, trata-se de uma continuação e formalização jurídica das nossas relações de amizade tradicionais”, disse o ministro russo aos jornalistas na capital da Nicarágua. 

Segundo a sua avaliação, o acordo de regime simplificado de trânsito de navios de guerra russos nos portos nicaraguenses permitirá ampliar o espectro da cooperação bilateral na área militar e naval. 

Os outros acordos assinados, segundo o ministro, tratam de cooperação técnica e militar. Ele também mencionou o grande programa bilateral de treinamento militar. No âmbito desse programa, está sendo planejado o aumento do volume de militares nicaraguenses nas universidades militares russas. 

Shoigu aproveitou a ocasião para lembrar que em 2015 a Rússia realizará uma séria de eventos internacionais de grande porte relacionados aos 70 anos da vitória na Grande Guerra Patriótica, como é chamada na Rússia a Segunda Guerra Mundial. 

Em abril, a Rússia receberá uma conferência internacional de segurança e um fórum técnico-militar, destinado à demonstrar modelos de produtos e tecnologias militares desenvolvidos atualmente. “Convidamos os nossos colegas da Nicarágua para os eventos. Esperamos que eles ajudem a fortalecer a nossa cooperação técnico-militar”, disse Shoigu.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала