RPD: Retirada de armas da zona de conflito na Ucrânia pode levar três dias

© Sputnik / Irina Gerashchenko / Abrir o banco de imagensПоследствия обстрела автостанции в Донецке
Последствия обстрела автостанции в Донецке - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
A retirada do armamento pesado da zona de conflito no leste da Ucrânia pode demorar pelo menos três dias devido a formalidades técnicas, segundo afirmou nesta quinta-feira (12) o presidente do Parlamento da autoproclamada República Popular de Donetsk, Andrei Purgin

O funcionário ressaltou que a retirada pode começar somente depois que um cessar-fogo sustentável tenha sido estabelecido na região, conforme estipulado pelos novos acordos de paz de Minsk.

Falando à Sputnik, Purgin explicou que “a retirada vai levar mais de dois ou três dias, sabendo como funciona tecnicamente”. Segundo ele, a tarefa “envolve protocolos, correspondência específica e implementação de procedimentos de controle".

Soldados ucranianos - Sputnik Brasil
Acordo de Minsk prevê retirada de tropas e reforma constitucional

O novo acordo de paz, acordado previamente entre os líderes da Rússia, da Ucrânia, da França e da Alemanha, inclui um cessar-fogo global no leste da Ucrânia que deve entrar em vigor no próximo domingo (15). Segundo o acordo, o armistício deve ser seguido pela retirada das armas pesadas da zona de conflito, operação que deve começar "o mais tardar no segundo dia do cessar-fogo e estar concluída no prazo de 14 dias".


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала