Chanceler finlandês: entrada na OTAN só iria aumentar tensões fronteiriças

© Sputnik / Kirill Kalinnikov / Abrir o banco de imagensO ministro das Relações Exteriores finlandês Erkki Tuomioja
O ministro das Relações Exteriores finlandês Erkki Tuomioja - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O ministro das Relações Exteriores finlandês Erkki Tuomioja não vê necessidade na entrada do país para a OTAN, informa a corporação finlandesa de televisão e radiodifusão Yle.

O ministro das Relações Exteriores da Finlândia vê com desconfiança uma possível entrada do país na OTAN. “A entrada da Finlândia para a OTAN iria desestabilizar e aumentar a tensão militar junto à fronteira e nos territórios adjacentes”, considera Erkki Tuomioja.

General Philip Breedlove - Sputnik Brasil
General da OTAN avisa sobre reação russa ao fornecimento de armas à Ucrânia
Entretanto, nos círculos políticos finlandeses existem pontos de vista divergentes quanto a essa matéria. “O ministro não percebe de que forma a entrada para a OTAN poderia favorecer o desenvolvimento de uma Finlândia aberta e internacional”, é o comentário da publicação à declaração de Erkki Tuomioja. Contudo, o primeiro-ministro do país Alexander Stubb tinha anteriormente declarado que a participação na OTAN e a participação da Finlândia na UE seriam complementares.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала