Hollande chama negociações em Moscou de última chance para evitar a guerra

© Sputnik / Sergei Guneev / Abrir o banco de imagensHollande na cúpula do G20
Hollande na cúpula do G20 - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
O presidente francês François Hollande considera que as negociações realizadas na véspera em Moscou são uma das últimas chances para evitar a guerra na Ucrânia, divulgou a agência France-Presse neste sábado (7).

“Penso que é uma das últimas chances. Se não tivermos sucesso na busca de uma solução pacífica estável, sabemos bem qual será o cenário: ele só tem um nome – a guerra”, disse Hollande aos jornalistas.

As negociações sobre a Ucrânia, realizadas nesta sexta-feira em Moscou, incluíram um encontro direto entre o presidente russo, Vladimir Putin, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente da França, François Hollande.

Segundo Dmitry Peskov, assessor de imprensa do Kremlin, "as negociações foram construtivas e consistentes e as partes estão trabalhando na redação de um texto que possivelmente vai regularizar a situação da Ucrânia. Este documento pode incluir as sugestões do presidente ucraniano, Pyotr Poroshenko, e Putin e será apresentado a todas as partes do conflito."

No domingo, os líderes de Rússia, Alemanha e França farão um resumo preliminar do documento para a regularização na Ucrânia através de conversa telefônica que será feita no formato da Normandia.


Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала