Cadastro bem-sucedido!
Por favor, siga o link da mensagem enviada para

Mortes por câncer deverão ser quase nulas em 2050

© Sputnik / A. SolomonovInstituto de Pesquisa Científica de Oncologia
Instituto de Pesquisa Científica de Oncologia - Sputnik Brasil
Nos siga no
Uma pesquisa da Universidade de Londres prevê que em 2050 serão raros os casos de morte por câncer. O relatório final apontou que a mudança dos hábitos humanos e a evolução da tecnologia da medicina permitirão que a doença seja evitada ou bem combatida.

Segundo o estudo, atualmente 14 milhões de pessoas são diagnosticadas anualmente com a doença. Oito milhões não resistem.

Os números serão piores até 2030, quando se chegar a 26 milhões de diagnósticos e 17 milhões de mortes, especialmente por conta do crescimento dos índices da doença em países emergentes e populosos, como a China. No entanto, com a manutenção dos investimentos em novos medicamentos, bem como a conscientização do homem para hábitos mais saudáveis, o mal fará raras vítimas fatais duas décadas depois.

Feed de notícias
0
Antigas primeiroRecentes primeiro
loader
AO VIVO
Заголовок открываемого материала
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала