Jornalistas russos ficam sob fogo na Ucrânia

© Sputnik / Mikhail Parkhomenko / Abrir o banco de imagensDonetsk está em ruínas após bombardeios
Donetsk está em ruínas após bombardeios - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
As Forças Armadas da Ucrânia abriram fogo contra os habitantes de povoação de Chernukhino (na região de Lugansk). Durante a evacuação uma pessoa ficou ferida.

Os militares ucranianos violaram a trégua hoje, 6 de fevereiro, durante a evacuação de civis e abriram fogo contra eles, informa na sexta-feira, 6 de fevereiro, a agência noticiosa russa RIA Novosti.

Dois jornalistas do canal de TV russo Rossiya 24, Dmitry Malyshev e Artyom Kol, ficaram sob o fogo.

Também hoje, durante a evacuação de civis perto da cidade de Uglegorsk, em Donbass, outros dois jornalistas do canal russo Russia Today ficaram sob o fogo. Os jornalistas, Roman Kosarev e Anna Knishenko, estão atualmente num abrigo.

Angela Merkel e François Hollande - Sputnik Brasil
Merkel: não está claro se as negociações vão continuar na Ucrânia
"Agora estamos em um lugar relativamente seguro. Mas há uma escaramuça aqui perto, há atiradores. Estamos perto de um grande edifício, tentando escapar. Não podemos ir a qualquer lugar. Estamos à espera da coluna", comunicou Anna Knishenko à RT.

Os jornalistas do canal russo Vesti 24 também ficaram sob o fogo. De acordo com relatos da mídia, por volta das 10h00 da manhã, hora local, eles deixaram a aldeia de Chernukhin, mas cerca das 12h00 começou um combate e as forças de segurança ucranianas abriram fogo contra civis e milicianos.

Uma pessoa ficou ferida. Após o combate, os soldados ucranianos começaram a disparar morteiros contra a localidade.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала