Militantes tentam invadir o prédio da administração presidencial da Ucrânia

© Sputnik / Andrei Stenin / Abrir o banco de imagensPrédio da administração presidencial ucraniana em Kiev
Prédio da administração presidencial ucraniana em Kiev - Sputnik Brasil
Nos siga noTelegram
Um grupo de militantes ucranianos invadiu nesta terça-feira, 3, o cerco ao redor do prédio da administração do Presidente Pyotr Poroshenko, em Kiev, e exigiu a renúncia de altos cargos do governo.

Segundo revelou a agência de vídeo RT Ruptly, os participantes da ação exigiram a renúncia de todas as autoridades que dirigem as forças do país, desde o ministério da defesa até o procurador-geral da Ucrânia. Os manifestantes pretendem entregar suas demandas pessoalmente ao presidente do país.

O grupo rompeu o primeiro cordão da Guarda Nacional e chegou a ficar a 500 metros do edifício da administração. A tensão aumentou no local com o isolamento feito pelo cordão policial. Os militantes exigiram o acesso à sala de conferências do prédio para fazer uma declaração pela televisão.

A ação, no entanto, foi finalizada em pouco tempo e um novo ato foi programado para a quarta-feira, 4.

Deixando o local, os manifestantes enviaram uma mensagem simbólica a Pyotr Poroshenko, exibindo um cartaz irônico que pedia a imediata apresentação do presidente à junta de alistamento militar.

Feed de notícias
0
Para participar da discussão
inicie sessão ou cadastre-se
loader
Bate-papos
Заголовок открываемого материала